quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Lumagri - Nutricionista: O OLHAR DA COMPAIXÃO

Lumagri - Nutricionista: O OLHAR DA COMPAIXÃO: Amanheceu e o dia está lindo, embora ainda esteja frio, mas o sol irradiando sua luz e energia transforma tudo... Parada no semáforo à cami...

O OLHAR DA COMPAIXÃO

Amanheceu e o dia está lindo, embora ainda esteja frio, mas o sol irradiando sua luz e energia transforma tudo...
Parada no semáforo à caminho do trabalho, olhando para o céu, respirando tranquilamente, talvez sem pesamento algum na mente, vejo um homem maltrapilho atravessar a rua em que estou parada, me pareceu  embriagado...
Meu primeiro ímpeto foi a reação de medo! Medo daquele ser, medo de ele vir até meu caro e me fazer sentir o medo. Ao mesmo tempo pensei no que o álcool faz com a pessoa a transformando-a em alguém desconhecido...
O maltrapilho cambaleante , falando e apontando com o braço ao léu, parecia ter alguém ao seu lado, e nisso eu também pensei que talvez ele realmente estivesse mesmo com alguém que já não vive mais, ou com alguém que a lembrança dele não apagou ou talvez seja desequilibrado das funções mentais, e de uma forma lenta ia atravessando a rua à minha frente...
Nesse instante me lembrei da aula da Beth Lamas, sobre perdoar e amar, sobre a importância do:
 Ho po no po no! e FOI NESSA HORA, nessa hora em que eu olhava aquele ser desconhecido, que eu fiz: Eu Sinto muito, Me Perdoa, Eu Te amo!
Olhava o ser e repetia mentalmente: eu sinto muito, me perdoa, eu te amo...
E então o milagre da vida aconteceu!
Senti em mim uma grande COMPAIXÃO por aquele ser! Aquele ser que também sou eu!
Emocionei a mim com aquele sentimento que me invadiu e agradeci a Deus por poder sentir o que a minha emoção falava: Consegui transformar o medo em compaixão!
E entendi então o que Jesus quis dizer com o AMA AO TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO!
Não sei se o ser daquela rua recebeu a minha vibração de compaixão, de amor, mas ele mudou o meu caminho, e quem sabe a minha vida.
Quando você é capaz de sentir isso, não tem como ser a mesma!
Bom dia para você!

segunda-feira, 5 de junho de 2017

A TAL LIBERDADE

NÃO AGUENTO MAIS AS PESSOAS DIZEREM  QUE SÃO LIVRES!
NÃO AGUENTO MAIS AS PESSOAS QUEREREM SER LIVRES!
MAS É REALMENTE BEM PIOR ACREDITAR-SE LIVRE, QUANDO SE ESTÁ TOTALMENTE PRESO!!!
ENTÃO O QUE É A TAL LIBERDADE?
O QUE É QUE A PESSOA SENTE PARA IR ATRÁS DA TAL LIBERDADE??
NÃO SEI!
acho MESMO QUE A TAL LIBERDADE NÃO EXISTE!
O QUE AS PESSOAS BUSCAM, É ELAS MESMAS LÁ FORA...
É O ELAS LIVRE DE PRECONCEITOS E OBRIGAÇÕES...
É O SER QUEM SÃO, MAS ACREDITANDO SER OUTRA COISA...
KKKKK
A TAL LIBERDADE É :
Você ESCREVER SOBRE O QUE NÃO SABE, NÃO ENTENDE, MAS ADORARIA TER!

sexta-feira, 17 de março de 2017

O AMOR, O TEMPO E A CONFIANÇA


Há dias que você olha para um lado e vê o que na verdade não está ali...
Isso aconteceu comigo hoje!
Olhando para a janela, respirando, relaxando, olhando o verde lá fora...
Eu não sei dizer como acontece, e muito menos explicar como é que eu sai de onde estava e fui entrando pela clareira das árvores para observar os dois postes, que na verdade achei parecer 2 pessoas conversando...
Conforme eu adentrava naquele espaço, eu ia vendo o lago, o barranco do lado de lá das duas personagens, e um coreto (acho que feito de pau)., sinto-me dentro daquela visão!
Sinto a brisa do vento, até mesmo o aroma de flor, que acho ser rosas...
Fico olhando as duas personagens conversar e penso- 2 postes não se fundem, duas coisas que iluminam não podem se fundir...
Respiro devagar, e deixo de julgar e, percebo que as bolas parecem se mover, olhando para baixo como se tivessem que se separar, mas elas se confortam, como se abraçassem naquela dor, naquele sentimento...
Me emociono estando ali... é uma emoção tão grande que invade a minha alma que sinto que lágrimas descerem dos meus olhos, por pura emoção de beleza...
Vou me afastando, de forma a voltar para meu corpo, e penso ...
Penso que talvez eu tenha vivido aquilo, e agora não sabendo o que aquelas duas criaturas conversaram, fico emocionada e me conforto.
Me conforto sabendo que o que passamos, tinha que ser, que sei o que foi, mas não tenho a mínima ideia do que virá ser!
Entendo que a emoção que invade é por saber que aquelas 2 criaturas sabem o que virá, mas eu? Eu não sei!
Sei que tenho o desejo de acontecer, mas somente isso. Elas sabem a certeza, porque o PLANO foi delineado com elas...
Percebo o quanto tenho que agradecer por tudo que foi, por tudo que é...
Trabalhar agora e sempre, para que logo mais aquilo tudo seja desvendado...
A Confiança invade a alma, chamando a Esperança que, cansada de esperar as vezes, assenta no meio do caminho pedindo para a Paz vir resolver a questão. É nessa hora que a Paz, encontrando o Amor , chama a Coragem, e está vem rapidamente atender o apelo da Paz, mas ao ver o quadro, também não sabe como agir e chama a Fé, esta vem iluminando o caminho e tornando tudo mais claro, para que todos enxerguem o velhinho que vem caminhando , mantendo-se tranquilo, pacientemente se achega, e, se apresenta como o Tempo...
E o Tempo vem avisando que Deus está no comando, que todos esses sentimentos fiquem tranquilos!